Grupo Jurubebas lança curso sobre produção teatral

Inscrições gratuitas disponíveis até 10 de fevereiro e podem ser feitas via internet

0
52

O Grupo Jurubebas realizará, de 20 a 27 de fevereiro, a segunda edição do curso “Jovens Produtores” na cidade de Manaus. A iniciativa visa oportunizar a formação de jovens para o setor cultural, em especial para o teatro e o circo, e levar a formação gratuita para bairros onde a dificuldade do acesso às produções teatrais distanciam a população da cena teatral manauara.

As inscrições estão abertas no site do Grupo Jurubebas de Teatro (www.grupojurubebas.com) até o dia 10 de fevereiro e podem ser feitas via internet. Serão ofertadas 30 vagas para cada turma, com direito a certificado, apostila física e digital e estudo de projetos já aprovados pelo Grupo Jurubebas de Teatro e outras companhias, tudo de forma gratuita. O curso será ministrado nos bairros Santa Etelvina e São José Operário, e os espaços serão divulgados após as inscrições.

O projeto “Jovens Produtores” é uma criação do Grupo Jurubebas de Teatro e traz em sua proposta de intercâmbio sociocultural uma oportunidade de ajudar na formação de novos produtores para a cidade de Manaus. “Manaus é uma cidade muito potente e o curso Jovens Produtores amplia o alcance do grupo e dá ferramentas que capacitam outras pessoas a também construírem sua trajetória”, diz Rohan Baruck, Doutorando em Artes Cênicas pela Unirio e professor do curso.

Temas

Serão aplicados quatro módulos no curso: “Da Pré à Pós Produção em Teatro” com Rohan Baruck, ator, preparador vocal e diretor teatral carioca, Mestre em Artes Cênicas pela UNIRIO e produtor cultural com mais de 10 anos de atuação; “Mercado, Sustentabilidade e Circulação” e “Elaboração de Projetos Culturais”, com Felipe Maya Jatobá, bacharelando em Teatro pela Universidade do Estado do Amazonas e mais de 10 anos atuando na cena teatral da região Norte; e “Acessibilidade e Inclusão” com Rafaela Guimarães, gestora da Casa de Artes Cia Trilhares, produtora cultural com mais de 10 anos de atuação no setor privado e diretora de projetos culturais da Federação de Escolas Brasileiras de Artes Cênicas – Febac Brasil.

O curso vai abordar quatro aspectos da produção cultural voltados para o teatro e o circo, desde a ideia que propicia o começo de uma empreitada teatral até a prestação de contas para empresas públicas e privadas em casos de apoio ou patrocínio. As novidades estão por conta de uma atualização dos conteúdos e com foco em apresentar estudos de casos locais, de artistas e companhias teatrais da cidade que alcançaram espaço no mercado nacional.

Acessibilidade

A acessibilidade será outro ponto de mudança: “O Módulo de Acessibilidade e Inclusão visa falar como o mercado está ou não preparado para essa mudança social e como nós fazedores de cultura estamos preparando nossos projetos para recebê-los”, comenta Rafaela, professora do curso.

O projeto foi idealizado pelo ator e diretor Felipe Maya Jatobá e, em sua segunda edição, incluirá o módulo “Acessibilidade e Inclusão”. “É importante que nós trabalhadores da cultura tenhamos um olhar voltado para essa questão fundamental para o alcance das nossas produções. Vivemos num mundo cada vez mais inclusivo e as artes da cena precisam estar cada vez mais próximos desse público”, afirma Felipe.

O projeto foi contemplado pelo edital Manaus Faz Cultura 2023, da Prefeitura de Manaus, atendendo ao Programa de Cultura Itinerante do município.

Para dúvidas ou mais informações, entre em contato com o número (92) 98430-2531 ou pelas redes sociais @grupojurubebas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui