No Dia do Pão Francês, dois mitos caem por terra: o alimento é brasileirinho e muito saudável

Outro mito desconstruído e que chega para tranquilizar o público, é que pode ser consumido de forma saudável, sem comprometer a dieta alimentar.

0
45

Nesta quinta-feira (21 de Março) é o Dia do Pão Francês, alimento que é praticamente uma unanimidade nacional, de tal forma que ganhou até uma data em sua homenagem. Apesar do nome, uma das grandes curiosidades que rondam a vida do pãozinho que frequenta a mesa dos brasileiros, é que a sua origem não é francesa. Ele é um autêntico brasileirinho! Outro mito desconstruído e que chega para tranquilizar o público, é que pode ser consumido de forma saudável, sem comprometer a dieta alimentar.

A nutricionista do Grupo Natan Congelados, Thais Gaspar, explica que o segredo para consumir o pãozinho de forma saudável, é aprender a equilibrá-lo na dieta, combinando-o corretamente com os demais alimentos. Ela indica que seja ingerido junto com uma fonte de proteína, sempre importante por aumentar a saciedade. Quem está de dieta pode optar pelos integrais que, segundo ela, têm menor índice glicêmico e fornecem fibras, ajudando no funcionamento do intestino e na redução do colesterol.

Thais Gaspar ressalta que o carboidrato presente na composição do pão, muitas vezes considerado o vilão da alimentação saudável, é fonte de energia essencial para o corpo. “É absorvido rapidamente pelo organismo e permite, por exemplo, um aproveitamento maior dos treinos físicos”, observa.

O Grupo Natan, que é referência no segmento de panificação e confeitaria, produz mais de 260 mil unidades de pão, por dia. Utiliza 30 mil quilos de trigo, diariamente, para produção apenas do pão francês. Os números mostram, portanto, que, também no Amazonas, o pãozinho é uma unanimidade. No país, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria da Panificação e Confeitaria (ABIP), a média de consumo de pão por pessoa é de 31 quilos por ano.

Origem

Alimento tipicamente nacional, o pão francês foi criado no século 20. A inspiração veio das baguetes francesas, frequentadas pelos brasileiros mais ricos, mas a produção local ganhou outro formato – menor e mais redondo. Os ingredientes são os mesmos: farinha de trigo, sal, fermento e água.

O pão é um dos principais itens do portfólio da Natan Congelados, que inclui mais de 100 produtos de fabricação própria, abrangendo, ainda, pão de queijo, salgados, salgados para coquetel, bolos e doces.

De acordo com diretor da Natan Congelados, Arian Ribeiro, a empresa tem como um dos seus pilares oferecer ao cliente praticidade e economia de tempo, aliado à qualidade nos produtos. Para isso, diz ele, é feito um trabalho constante de pesquisa, principalmente, para os itens manterem o sabor e o frescor, quando descongelados, como se estivessem sidos fabricados na hora. O uso de ingredientes selecionados e tecnologia de ponta são destaque nos produtos da Natan.

Para quem não abre mão do pãozinho, o Grupo Natan conta com sete unidades, sendo quatro lojas em Manaus, e uma em Manacapuru, no Amazonas, além de duas em Boa Vista, Roraima. Os endereços estão disponíveis no instagram @lojasnatan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui