Botânica Office tem potencial para atrair visibilidade mundial e incrementar turismo

Além de funcional, projeto inspirado na natureza também se destaca pela beleza única

0
52

O design do Botânica Office, empreendimento da Engeco em construção na avenida Darcy Vargas, Zona Centro-Sul, é o que há de mais inovador na arquitetura em Manaus. Mas além de sua funcionalidade como ambiente corporativo, o projeto inspirado na natureza também se destaca pela beleza única. Isso contribui para ornamentar a cidade e atrair a atenção do mundo para a região amazônica, incentivando o turismo, a exemplo do que ocorre em outros países.

Há cidades que se tornam turísticas justamente pela sua arquitetura. Segundo o estudo Turismo e Arquitetura Moderna, do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), quando um lugar oferece uma configuração arquitetônica particular e atrativa, se cria uma experiência turística quase que de forma espontânea. “Edifícios emblemáticos e intervenções urbanas cumprem um papel fundamental na criação de atrativos turísticos”, destaca o e-book.

Antes mesmo de estar concluído, o Botânica Office já demonstra este potencial. Um comentário recorrente sobre o projeto é que ele parece algo fora do Brasil, lembrando empreendimentos internacionais, como em Cingapura, onde a Torre CapitaSpring surpreende com uma floresta urbana em seus 51 andares. Ou em Colombo, Sri Lanka, onde o Clearpoint Residences não só purifica o ar, mas também economiza água. Milão, na Itália, também abriga as Torres Bosco Verticale, removendo 15 a 17 toneladas de CO2 anualmente. Em breve, o Botânica Office se unirá a este seleto grupo de projetos arquitetônicos que se tornaram verdadeiros ícones turísticos.

O diretor-presidente da Engeco, Porfírio Saldanha, explica que o empreendimento foi pensado para ser pioneiro em Manaus. “O programa, sobretudo, era criar um produto inovador e que trouxesse para o mercado  a qualidade da convivência. Que as pessoas pudessem trabalhar em um ambiente que propicia um equilíbrio emocional, social, de interação com a natureza”, destaca.

Segundo o arquiteto Laurent Troost, que assina o projeto junto com Vitor Pessoa, o Botânica Office foi pensado durante a pandemia suscitando a interação social. Já a sua estética foi pensada para trazer algo que não existe em outros ambientes corporativos de Manaus.

“O Botânica Office tem quatro fachadas e quatro tipos de salas com muitas vantagens. A vista, a insolação e o formato. O sombreamento gerado pelas plantas vai permitir filtrar a luz e evita uso de algum tipo de fechamento que obrigaria a ligar a energia elétrica, por exemplo. Por outro lado, os vidros vão ser mais transparentes que um edifício convencional. O sistema biofílico se adapta muito bem ao clima de Manaus, mais que outras cidades do país”, detalha.

Botânica Office

Lançado em maio de 2023, o Botânica Office, um inovador Business Center na Amazônia, está em construção acelerada em Manaus. Desenvolvido pela Engeco em parceria com a Troost + Pessoa Architects, o empreendimento se destaca pelos seus diferenciais, como salas com varandas privativas, pé direito duplo e vista panorâmica. Com opções de salas de 32m² a 132,98m² e lajes corporativas de 488,40m² a 884,52m², o Botânica Office oferece uma estrutura privilegiada. A área comum inclui lobby com pé direito duplo, hall de elevadores com janelas panorâmicas, espaço público de integração no térreo e previsão para espaços comerciais, além de vagas de bicicleta com banheiro exclusivo para ciclistas.

Saiba mais sobre o projeto em https://engeco.com.br/botanica.

Sobre a Engeco – É uma construtora e incorporadora que está há 40 anos no mercado imobiliário. Foi fundada por Maury Guerreiro e Porfírio Saldanha e tem se destacado por oferecer empreendimentos comerciais e residenciais de alto padrão e exclusivos.

Sobre a Troost + Pessoa Architects – É a parceria entre o belga Laurent Troost e o brasileiro Vitor Pessoa, arquitetos que trabalham com o conceito integralista, focado no diálogo entre arquitetura e natureza. Troost é responsável pelo projeto de restauração do Casarão da Inovação Cassina, que recebeu o prêmio Oscar Niemayer de Arquitetura Latino-Americana, entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui