Amazonas registra queda de 1,25% na inadimplência, segundo dados da Serasa

Mapa de Inadimplentes de dezembro mostra que 706 mil consumidores brasileiros saíram do endividamento em comparação ao mês anterior

0
55

Seguindo a tendência nacional, o Amazonas registrou em dezembro de 2023 queda de 1,25% no número de inadimplentes. Os dados fazem parte da edição de dezembro do Mapa de Inadimplência e Renegociação de Dívidas da Serasa, divulgado esta semana.

Em novembro, o Amazonas tinha 1.546.831 pessoas inadimplentes. No mês seguinte o número caiu para 1.527.467. Mesmo com a queda, a inadimplência ainda é uma realidade para 51,41% da população do estado. Somente na capital Manaus são 1.080.222. 

O valor médio das dívidas dos amazonenses é de R$ 4.542,30. O principal tipo de dívida da população é com o setor de varejo, 27,71%. Em seguida aparecem os bancos e cartões, com 24,96%, e as utilities (contas básicas de água e luz), com 16,29%.

No Amazonas, a maioria dos inadimplentes tem entre 26 e 40 anos (35,8%), seguido do grupo de 41 a 60 anos (35,1%), pessoas acima de 60 anos (15,1%) e os que têm até 25 anos (14%).

“O programa Desenrola, desenvolvido pelo Governo Federal, e os Feirões da Serasa contribuíram decisivamente para esses dados de novembro e dezembro”, diz Aline Maciel, gerente da plataforma Limpa Nome. “Somente a Serasa registrou um total de 4,1 milhões de acordos de débitos realizados ao longo do ano passado, concedendo um total de R$ 11,7 bilhões de descontos a 2,5 milhões de brasileiros”, afirmou.

Cenário – Mesmo com a melhora dos números, o endividamento ainda é alto no Brasil, com 71,1 milhões de CPFs em situação de inadimplência. De acordo com o Mapa, o valor total de dívidas em dezembro chegou à soma de R$ 367 bilhões, o que significa uma dívida média de R$ 5.174,62 por pessoa endividada – redução de 1,70% em relação ao valor de novembro (R$ 5.263,99).

Sobre a Serasa

Com o propósito de revolucionar o acesso ao crédito no Brasil, a Serasa oferece um ecossistema completo voltado para a melhoria da saúde financeira da população por meio de produtos e serviços digitais.

Mais informações em www.serasa.com.br e pelas redes sociais no @serasa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui