Governo do Amazonas conclui implantação de LED em Itamarati​

Foram instalados 718 pontos de iluminação, sendo 618 na sede do município e 100 em 11 comunidades rurais

0
70

A Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) do Governo do Amazonas concluiu os serviços de modernização da iluminação pública, no município de Itamarati (a 227 quilômetros de Manaus). Através do programa Ilumina+ Amazonas, instalou, ao todo, 718 pontos de iluminação de LED, sendo 618 na sede do município e 100 em 11 comunidades rurais (Boa Vista, Conceição do Raimundo, Garapé do Nenê, Monte Carvalho, Quiriru, São Brás, São José, Vila Martins, Renascer, Djedá e Buriti).

O programa Ilumina+ Amazonas substitui lâmpadas de vapor de sódio, de mercúrio ou mistas, que são tradicionalmente utilizadas, por LED, gerando uma economia de até 60% no custo de energia. Garante, ainda, a redução na emissão de gás carbônico na atmosfera e permite maior luminosidade nas vias públicas.

De acordo com o secretário da UGPE, Marcellus Campêlo, o programa Ilumina+ Amazonas será intensificado em 2024, para alcançar todo o interior do Amazonas. “O governador Wilson Lima estabeleceu como meta que o Amazonas chegue na COP 30, que acontece ano que vem em Belém-PA, com cem por cento da iluminacão pública com LED no interior, em especial nas sedes municipais, mas também em boa parte das comunidades. Esse é um dos compromissos do Estado do Amazonas com a Agenda Global de enfrentamento às mudanças climáticasl”, afirma o secretário.

O LED, prossegue Marcellus, é a tecnologia mais sustentável para a iluminação pública. “A luminária de LED dura até dez vezes mais que as lâmpadas convencionais, produz mais luz por wats consumido, reduz custos e a emissão de gás carbônico na atmosfera e não emite raios ultravioletas, gerando menos impacto ao meio ambiente. Além disso, ao permitir mais luminosidade nas vias públicas, o LED proporciona qualidade de vida e segurança à população”, observa Marcellus Campêlo.

Com Itamarati, o programa alcança 34 municípios e 54 comunidades rurais e indígenas com o LED, saindo dos atuais 60.678 para 61.396 pontos de iluminação em todo o Estado.

Fotos: Divulgação / UGPE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui