VESTIBULAR UEA: Professora destaca estratégias que podem elevar o desempenho do candidato

As provas do vestibular da UEA começam neste final de semana. FOTO: Reprodução.

MANAUS – | O mês de novembro promete grandes emoções aos vestibulandos. Neste domingo (6) e segunda-feira (7) acontece o vestibular da Universidade Estadual do Amazonas (UEA). As provas do Sistema de Ingresso Seriado (SIS) da UEA estão previstas para o dia 8, enquanto as do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão marcadas para os dias 13 e 20. Para ajudar os candidatos, a professora Fernanda Leal, do Vetor Centro de Estudos, destaca algumas estratégias que podem fazer toda a diferença no desempenho para as provas.

“Essas estratégias podem ser aplicadas dias antes da prova. Entre elas, ter tido uma boa noite de sono, ter contato com a luz do sol e beber água assim que acordar, ajudam no funcionamento neural e a organizar o ciclo circadiano, nome dado ao ritmo em que o organismo realiza suas funções ao longo de um dia”, explicou a professora, que é autora do Método Leal, técnica de estudo oferecida com exclusividade em Manaus, através do Vetor Centro de Estudos.

Outra orientação de Fernanda é para que antes e no dia da prova o candidato não coma em restaurantes que não conheça, evitar alimentos gordurosos e, principalmente, aqueles que não costumam fazer parte da sua rotina. “Autoconhecimento é fundamental para saber como seu organismo funciona, porque não existe regra, não existe o alimento ideal”, disse.

Fernanda recomenda o método POP. FOTO: Divulgação.

Especialista em Psicologia Positiva, Fernanda recomenda, antes de iniciar a prova, uma estratégia que faz parte do seu método, o POP, que significa Procedimento Operacional Padrão. Ou seja, ficar com as costas retas, queixo pra cima, fazer respirações profundas e pensar em motivos para sentir orgulho de si mesmo e acreditar que vai fazer uma boa prova. Isso ajuda, segundo ela, a elevar a autoconfiança do candidato.

“É fundamental direcionar o cérebro para que faça esse caminho mental, afinal, nada é mais motivacional que a nossa própria história. Esse exercício evita que ele fique buscando formas de se sabotar com pensamentos que vão fazê-lo pensar que irá mal na prova”, afirmou.

Ao longo da prova a respiração diafragmática é uma estratégia essencial para fazer os candidatos se sentirem mais dispostos. Fernanda indica inspirar expandindo o abdômen e expirar contraindo-o, além de ajustar a postura, logo após resolver cada uma das questões.

Também para evitar o cansaço e até a sonolência por ficar muito tempo sentado, a criadora do Método Leal conta que a pausa para o banheiro também é uma estratégia. “Molhar o rosto, fazer uma corrida sem sair do lugar ou polichinelos, ajudam a despertar e aumentar o foco na prova”, conta.

Ainda durante a prova, é essencial que o candidato não se apegue a questões difíceis ou que ele saiba que irá levar mais tempo para responder. Tempo é primordial, diz ela. Vale mais circular e deixar essas questões para o final, do que ter menos tempo para resolver aquelas que as chances de acerto são maiores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui