UGPE conclui instalação de LED no Porto de São Raimundo

As novas luminárias permitem redução na emissão de gás carbônico na atmosfera, eficiência energética e economia

0
74

A área de embarque e desembarque de passageiros do Porto de São Raimundo, onde está instalada a sede da Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias (SNPH), agora conta com iluminação em LED. No local, a Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) do Governo do Estado finalizou os serviços de implantação do Programa Ilumina+ Amazonas, substituindo as lâmpadas antigas por luminárias de LED.

Foram instalados 47 pontos de iluminação de LED, na área. A tecnologia, conforme explica o secretário da UGPE, Marcellus Campêlo, proporciona a redução da emissão de gás carbônico na atmosfera, garante eficiência energética e economia aos cofres públicos com a queda nos custos de energia.

A substituição de luminárias nos espaços públicos dos órgãos do Estado é uma nova etapa que está sendo cumprida pelo programa, desde o dia 25 de janeiro. Os serviços já foram concluídos na área externa (institucional) do Complexo Regulador da Secretaria de Saúde, do Comando de Policiamento da Área Leste (CPA) e, agora, do Porto de São Raimundo.

No Complexo Regulador foram instalados 41 pontos de LED, mais 21 no CPA. Somados aos 47 do Porto de São Raimundo, totalizam 109 pontos de iluminação já instalados, nos órgãos públicos.

No interior

A primeira etapa do Ilumina+ Amazonas, com foco no interior do Estado e com início em maio de 2022, já alcançou 34 municípios e 54 comunidades rurais e indígenas. Foram substituídos 61.396 pontos de iluminação. “O LED vem proporcionando uma economia de até 60% nos custos com energia, nos municípios”, ressalta Marcellus Campêlo.

As ações direcionadas ao interior continuam avançando e a meta, conforme revela Marcellus Campêlo, é estar até a COP 30, que acontece em novembro de 2025, com a tecnologia de LED implantada na iluminação pública de todos os municípios.

Fotos: Tiago Corrêa/UGPE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui