Remédios vão ficar mais caros a partir de sexta-feira

O cálculo de preços dos medicamentos é feito anualmente. Foto: Reprodução.

BRASIL – | A Câmara de Regulamentação do Mercado de Medicamentos (Cmed) vai publicar, nesta semana, a nova tabela de preços de medicamentos, valendo a partir de sexta-feira, 1º de abril. A expectativa é que os preços sejam reajustados em 10%, em média, acompanhando os índices inflacionários. O cálculo é feito anualmente.

Em nota à imprensa, o Sindusfarma informou que nenhuma empresa pode aumentar o preço máximo ao consumidor (PMC) de seus produtos sem autorização do governo. “Uma única vez a cada ano, os aumentos de custo de produção acumulados nos 12 meses anteriores podem ser incorporados ao preço máximo ao consumidor (PMC) dos medicamentos, a critério das empresas fabricantes, aplicando-se uma fórmula de cálculo criada pelo governo”, diz a nota.

A unidade sindical destacou ainda que a cotação do dólar chegou a aumentar quase 40% no último biênio, enquanto custos com contratação de frete e seguros tiveram alta de 10% e gasto com embalagens, considerando a moeda norte-americana, 40%. No acumulado do ano passado e o anterior, a inflação geral somou 78,91%, ao passo que os preços de medicações variaram pouco menos de 56%, conforme o IPCA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui