#PARTIUPARINTINS: Brincantes vivem expectativa para o Festival Cultura

Assistir ao espetáculo de pertinho e participar da galera, item válido para definir o campeão, alimentam sonho do torcedor. FOTO: Reprodução.

Tayana Martins

MANAUS – | A expectativa em reviver toda a emoção de acompanhar de perto a apresentação dos bois Garantido e Caprichoso, após dois anos sem a realização do Festival Folclórico de Parintins, já está atraindo milhares de brincantes para a Ilha Tupinambarana. A 55ª edição do Festival ocorre neste final de semana, nos dias 25, 26 e 27.

A maior parte das embarcações que fará o transporte de passageiros para o município começa a sair de Manaus entre hoje e amanhã. Nesta semana, o Aeroporto de Manaus passou a oferecer 32 voos extras para Parintins, para atender a demanda de visitantes que, este ano, deverá ser uma das maiores já registrada.

Maria do Carmo fala da ansiedade para rever o festival.

Para a servidora pública Maria do Carmo Pacheco, que é parintinense e mora em Manaus, este será um festival histórico e cheio de emoção, marcando a retomada das atividades, após o período de restrições impostas pela pandemia de Covid-19. 

“Estou muito ansiosa por essa festa. Para nós, é um momento de celebrar a vida e não tenho dúvidas de que iremos celebrar com muita alegria. Será um momento de reencontro, depois de tanta tristeza”, destacou.

Maria do Carmo lembra que o festival, para muitos, representa também uma retomada financeira. “Sabemos que o festival recebe turistas de todo o mundo e isso contribui muito para a nossa economia aqui no município, além de valorizar a nossa cultura. Tenho muito orgulho dessa grande festa”, reforçou.

Planejamento financeiro – Com reajustes em praticamente todos os produtos e serviços ligados ao festival, quem quer conferir o duelo dos bumbás este ano precisou se planejar financeiramente. A jornalista amazonense Perla Soares, que irá curtir a festa neste ano, revelou que colocou todos os gastos na ponta do lápis, para não ter tantas surpresas com os preços. “Quem não se programou financeiramente já deve ter entrado no vermelho, mesmo antes do festival começar”, afirmou.

Perla, foi preciso muito planejamento financeiro.

De acordo com a jornalista, passagens, hospedagem e alimentação apresentaram valores bem superiores comparados a edições anteriores. “Esse momento não é lindo somente por conta do festival. É encantador desde a experiência de entrar no barco. A viagem toda é linda e emocionante: a paisagem, a natureza encantadora, o Encontro das Águas, os ribeirinhos. Poder contemplar tudo isso já é um grande festival”, acrescentou.

Indo pela primeira vez a Parintins para conhecer o festival, a administradora Any Lara Pimentel relatou que fez uma programação financeira desde o início do ano para curtir a festa tranquilamente. “Tenho muitos amigos que já foram algumas vezes e me passaram todas as dicas. Eu acredito que todo o esforço que fiz vai valer a pena. É um festival grandioso e estou muito animada para conhecer”, relatou.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS
Tags: