OPERAÇÃO JAVARI: Equipes de busca encontram novos materiais próximo ao porto de Atalaia, que serão periciados em Manaus

O município de Atalaia, onde estão sendo feitas as buscas e investigações. FOTO: Divulgação.

MANAUS –| A Polícia Federal informou na tarde desta sexta-feira (10) que foi encontrado material orgânico, aparentemente humano, nas proximidades do porto de Atalaia do Norte, pelas equipes de buscas da Operação Javari, que atua no caso do desaparecimento do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista brasileiro Bruno Araújo Pereira.

As amostras foram destinadas a Manaus para, juntamente com as amostras de sangue recolhidas na quinta-feira (9), no barco de Amarildo da Costa de Oliveira, serem submetidas à perícia pelo Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federal.

 A PF também informou que foram coletados, ainda nesta sexta-feira, materiais genéticos de referência do jornalista britânico, na cidade de Salvador/BA e do indigenista Bruno Pereira, na cidade de Recife/PE. Os materiais coletados serão utilizados na análise comparativa com o sangue encontrado na embarcação de Amarildo.

Prisão – Na noite de quinta-feira, a juíza Jacinta Silva dos Santos, da Comarca de Atalaia do Norte, determinou a prisão temporária por 30 dias de Amarildo da Costa de Oliveira, atendendo pedido da Delegacia de Polícia Civil em Atalaia do Norte, em procedimento de investigação criminal, instaurado para apurar o desaparecimento do indigenista e servidor público Bruno da Cunha Araújo e do jornalista inglês Dominic Mark Phillips, ocorrido naquele município.

Durante a audiência de custódia, Amarildo foi assistido pela Defensoria Pública do Amazonas (DPE/AM), cuja participação ocorreu por videoconferência, assim como o representante do Ministério Público Estadual (MPE/AM).

O investigado também é parte em outro processo, este por crimes do Sistema Nacional de Armas (Lei n.º 9.437/1997, que estabelece condições para o registro e o porte de armas de fogo, define crimes e dá outras providências) e, nesse caso específico, após realização de audiência de custódia, foram aplicadas medidas cautelares diversas da prisão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui