IMPOSTO DE RENDA: Especialista dá dicas de como aplicar a restituição, que começa a ser paga nesta sexta-feira

Com o quinto lote, serão colocados no mercado R$ 1,9 bilhão. FOTO: Reprodução.

MANAUS – |Na sexta-feira (30), será pago o quinto lote de restituições do Imposto de Renda. Contemplando também restituições residuais de anos anteriores, 1.220.501 contribuintes receberão R$ 1,9 bilhão. O dinheiro extra que entra na conta pode ser utilizado para pagar dívidas ou gerar rendimentos por meio de investimentos.

O líder regional da XP Investimentos no Amazonas, Djan Amorim, lembra que o ideal é começar usando o dinheiro para colocar as contas em dia e depois partir para os investimentos. “O valor recebido na restituição é uma boa oportunidade para organizar as finanças e escapar da cobrança de juros”, alerta. Para quem pretende investir os valores, a executiva observa que “o panorama é bem interessante para renda fixa como um todo, com remunerações bem atrativas”.

O atual cenário da Selic, em 13,75%, proporciona um bom momento para opções que rendem de acordo com essa taxa. “Para pessoas que têm o perfil mais conservador, vale a pena pensar em ativos pós-fixados, que se beneficiam da alta na Selic, uma vez que sua remuneração acompanha a taxa básica de juros”, explica Djan Amorim. Pessoas com o perfil mais aberto a riscos, podem optar por ativos como ações, fundos imobiliários, fundos alternativos e também operações estruturadas.

O especialista lembra que, independentemente do tipo de perfil e produto escolhido, é importante observar investimentos que compensem a inflação. “Por questão muitas vezes cultural, as pessoas costumam guardar valores em produtos como a poupança, por exemplo. Atualmente, isso gera rendimentos abaixo da inflação, ou seja, perde-se o poder de compra. É fundamental aplicar o dinheiro em opções que corrijam a inflação, a fim de buscarmos um ganho real”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui