CRIE O IMPOSSÍVEL: 100 mil alunos terão acesso ao evento em escolas públicas de todo o Brasil

O evento é realizado ao vivo para 10 mil alunos e transmitidos para as escolas que se inscreverem. FOTO: Divulgação.

MANAUS – | A 4ª edição do Crie o Impossível, evento que convida estudantes de Ensino Médio de escolas públicas a acreditarem e investirem em seu potencial, será, pela primeira vez, transmitido ao vivo em escolas públicas de todo o Brasil para cerca de 100 mil alunos. O evento acontece no dia 3 de junho, das 8h às 12h (horário de Brasília), e será sediado em Porto Alegre (RS), no Estádio Beira-Rio, com a presença de 10 mil alunos da rede pública de ensino.

Escolas públicas interessadas em transmitir o Crie o Impossível para seus alunos podem se inscrever gratuitamente pelo site www.crie impossível.com.br. O evento é realizado pela ONG Embaixadores da Educação (www.embaixadoresedu.org), correalizado pelo Sebrae – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e tem o apoio do Instituto MRV, do Instituto Localiza e da Alicerce Educação.

Serão apresentadas 11 palestras de profissionais que trazem representatividade para os estudantes por terem origens semelhantes. Os palestrantes vão compartilhar suas histórias de vida, falando sobre dificuldades, desafios e caminhos possíveis para superação e conquistas.

O Crie o Impossível também incentiva os jovens a participar da jornada Empower, desenvolvida pela ONG, na qual os alunos identificam problemas de suas escolas e comunidades e criam soluções com o poder de mudar seu futuro. Neste ano, os projetos da Empower devem atender aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU e, ao final da jornada, os alunos destaque receberão mais de R$ 10 milhões em bolsas de estudo integrais para aprender inglês, fazer intercâmbio, cursar uma faculdade, entre outros.

Em três edições, o Crie o Impossível alcançou 50 mil estudantes de escolas públicas de 3 mil municípios de todo o Brasil, com 170 mil acessos na edição remota (2020), transmitida pelo canal oficial do TikTok no Brasil e pelo canal da ONG no YouTube. Já estiveram no palco do evento o produtor, diretor de criação e empresário KondZilla; a primeira mulher negra a ocupar uma posição de CEO no Brasil, na Lacoste, Rachel Maia; o rapper Emicida; a executiva do Google Lisiane Lemos; o fundador do jornal “Voz das Comunidades” Rene Silva e a médica e vencedora do BBB 2020 Thelma Assis. Os jovens que entraram para a jornada Empower já receberam mais de R$ 1 milhão em bolsas de estudo integrais.

“Começamos o projeto da ONG com uma turma de 40 alunos e nos sentimos realizados por, hoje, impactarmos todo o Brasil como agentes de transformação social. Nossa missão é impulsionar alunos de escolas públicas a se tornarem empreendedores e protagonistas, fazendo com que esses cases de sucesso sejam regra e não exceção”, comenta Guilhermina Abreu, cofundadora e CEO do Embaixadores da Educação.

O Diretor-Superintendente do Sebrae, André Vanoni de Godoy, também acredita no potencial do evento para gerar transformação na vida de milhares de estudantes. “A importância do Crie o Impossível está em mostrar que o Impossível pode ser um limite ou pode ser um ponto de partida. E criar o impossível é uma escolha, não um destino”, afirma.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui