Chuvas em Manaus: Cartilha do CFQ traz orientações sobre como minimizar consequências de enchentes


As chuvas do fim de semana em Manaus (AM) deixaram centenas de desabrigados, além de arrastar casas e provocar alagamentos em vários pontos da cidade. A previsão meteorológica indica que pode haver deslizamentos pontuais, principalmente nas áreas de risco – o que já foi motivo de emissão de alerta da prefeitura local. Com o atual cenário, a população pode ficar exposta a riscos, especialmente a que vive próxima a rios e com pouco saneamento básico.


Pensando em minimizar as consequências de inundações e promover a saúde, o Conselho Federal de Química (CFQ) criou uma cartilha para auxiliar a população atingida por enchentes. Elaborada em parceria com a Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas (Aprag), Sindicato das Empresas de Controle de Vetores e Pragas Urbanas (Sindprag) e Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Higiene, Limpeza e Saneantes (Abipla), a cartilha tem uma linguagem simples, de fácil entendimento, e está disponível em formato on-line.


O material traz orientações sobre como evitar o aparecimento de vetores e pragas urbanas, e melhores processos de sanitização dos ambientes e utensílios expostos pela água e lama contaminadas. Outro alerta que o encarte faz é sobre onde buscar informações. Em casos de enxurradas ou enchentes, é importante entrar em contato com as autoridades públicas da localidade atingida para obter orientações, principalmente em relação ao abastecimento de água e os cuidados com o aparecimento de agentes vetores de doenças, como leptospirose e hepatite.


No material, também podem ser encontradas dicas de como realizar a limpeza correta da casa e a higiene dos objetos, inclusive com lembretes para a importância da utilização de luvas de borracha, botas tipo galocha, calças plásticas e óculos de proteção, principalmente para limpar o quadro de luz ou partes elétricas.


A cartilha também aborda sobre a água segura para consumo. Neste caso, a orientação é para que esta seja fervida por pelo menos um minuto, ou, então, que sejam adicionadas duas gotas de hipoclorito de sódio com concentração de 2,5% (água sanitária) para cada litro de água.
 

Essa cartilha é mais uma ação do CFQ em mostrar a importância do Profissional da Química na educação e promoção da saúde, levando o conhecimento necessário para ensinar à população sobre como agir em casos de enchentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui