Casos de violência doméstica registram leve queda em 2021

Redução de casos de violência doméstica é de pouco mais de 1% em 2021, se comparado ao ano anterior. Foto: Lucas Silva/Secom

Geizyara Brandão

geizyarabrandao@canaltres.com.br

MANAUS – | Os casos de violência doméstica, em Manaus, apresentaram uma leve redução. Em 2021, foram registrados 23.545, enquanto que no ano anterior foram contabilizados 23.799, conforme os dados da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Duzentos e cinquenta e quatro casos a menos, ou pouco mais de 1%. Para a titular da Delegacia Especializada em Crimes Contra Mulher (DECCM), Debora Mafra, a queda é fruto do encorajamento das mulheres ao denunciarem e também à percepção, pelos agressores, de que serão punidos efetivamente com a prisão em decorrência do crime.

“Esse ganho é de todas nós, mulheres do Amazonas, que queremos dar um basta nessa violência e agora estamos vendo em dados reais que está acontecendo isso. Estamos começando a ser mais respeitadas”, enfatizou.

A delegada ressalta que as mulheres são incentivadas a denunciar os maus tratos e as violências que sofrem dentro de casa, sejam elas física, moral ou psicológica.

“Caso uma outra pessoa fique sabendo que uma mulher está sofrendo também pode denunciar. Tem dois canais, o 180 e o 181, em que a denúncia será anônima. Mas caso você esteja vendo ou ouvindo uma mulher gritando, chorando, pedindo socorro, utilize o 190, que salva vidas de mulheres e o agressor vai ser levado imediatamente preso em flagrante pela polícia militar e caso você queira ajudar essa mulher, se você é um parente ou quer revelar sua identidade, vá até uma delegacia da mulher e denuncie”, explicou a delegada.

Com a realização do boletim de ocorrência e da denúncia, a vítima é encaminhada até o cartório, onde serão solicitadas as medidas protetivas de urgência e iniciado o inquérito policial. “Após decretadas as medidas protetivas de urgência, caso o agressor, mesmo cientificado das medidas, continue perseguindo, indo atrás, querendo descumprir essas medidas, tem jeito também. A vítima deve entrar em contato com a delegacia da mulher para que possamos representar pela prisão preventiva dele, fazer um novo inquérito, porque o descumprimento por si só já é um crime”, destacou Debora Mafra.

A delegada enfatiza que a denunciante pode ser encaminhada para o Serviço de Apoio Emergencial à Mulher (Sapem), a fim de receber apoio emergencial social e psicológico. “Também contamos com o apoio da Ronda Maria da Penha para casos mais graves para que faça visitação a essa mulher”, disse.

Em Manaus, há três delegacias: DECCM, no bairro Parque Dez, na bola do Eldorado, que funciona 24h por dia com regime de plantão- Delegacia da Mulher – Zona Sul, junto ao 2º Distrito Integrado de Polícia (DIP); na rua Des. Filismino Soares, 155 – Colônia Oliveira Machado, que funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h; e na Delegacia da Zona Norte, localizada na Av Nossa Senhora da Conceição, também de segunda a sexta, das 8h às 17h.

Assistência à mulher

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) também realiza o acolhimento de mulheres que foram vítimas de violência. “São equipamentos que prestam o serviço de acompanhamento psicológico, social ou jurídico, psicossocial, pedagógico, cursos de qualificação para que as mulheres que vivenciam um ciclo de violência consigam rompê-lo através desse acompanhamento, desse apoio, executado pela secretaria”, afirmou a coordenadora do projeto Nova Rede Mulher da Sejusc, Gisele Postal.

O Sapem oferece atendimento social e psicológico, condução da vítima ao Instituto Médico Legal (IML), busca de pertences e acolhimento provisório 24h. Já o Centro Estadual de Referência e Apoio à Mulher (Cream) tem o objetivo de resgatar a autoestima e autonomia da mulher em situação de violência doméstica e familiar, além do atendimento jurídico realizado pelo Núcleo de Defesa da Mulher (Nudem), da Defensoria Pública do Estado do Amazonas.

De acordo com a coordenadora do Nova Rede Mulher, há ainda a Casa Abrigo Antônia Nascimento Priante (CAANP), instituição que acolhe mulheres e seus filhos que estejam correndo risco iminente de morte; as unidades móveis, que levam serviços especializados da rede de atendimento; e o Alerta Mulher, que auxilia as vítimas em caso de descumprimento de medida protetiva, fortalecendo o combate à violência doméstica no Amazonas.

Serviço

Rede de atendimento à mulher em situação de violência:


Secretaria Executiva de Políticas para as Mulheres – SEPM
Rua Bento Maciel, 2, Conjunto Celetramazon – Adrianópolis
Telefones: (92) 98484-2207 / 948466-3735
Email: sepm@sejusc.am.gov.br

Gerência de Enfrentamento à Violência – Nova Rede Mulher
Rua Bento Maciel, 2, Conjunto Celetramazon – Adrianópolis
Telefones: (92) 98484-2172

Serviço de Apoio Emergencial à Mulher – SAPEM Parque 10
Av. Mário Ypiranga, conjunto Eldorado – Parque Dez
(Atrás da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher – DECCM)
Telefones: (92) 98483-5974 / 98402- 8631

Serviço de Apoio Emergencial à Mulher – SAPEM Cidade de Deus
Av. Nossa Senhora da Conceição, s/n,
(Dentro da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher – DECCM Cidade de Deus)
Telefones: (92) 98483-5052

Serviço de Apoio Emergencial à Mulher – SAPEM Zona Leste
R. Miguel Faraday, 210 – São José Operário
(Dentro da Delegacia do 9º DIP)
Telefone: (92) 98500-6400

Serviço de Apoio Emergencial à Mulher – SAPEM Zona Oeste
R. 27 de Novembro, 26 – Compensa
(Dentro da Delegacia do 8º DIP)
Telefone: (92) 98408-8631

Serviço de Apoio Emergencial à Mulher – SAPEM Zona Centro-Oeste
R. Acopiara, 134 – Redenção
(Dentro da Delegacia do 17º DIP)

Serviço de Apoio Emergencial à Mulher – SAPEM Zona Sul
Rua Desembargador Filismino Soares, 155 – Colônia Oliveira Machado
(Dentro da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher – DECCM Zona Sul)
Telefones: (92) 98484-1012

Centro Estadual de Referência e Apoio à Mulher (CREAM)
Av. Presidente Kennedy, Nº 39 – Educandos,
(ao lado da Escola Estadual Diana Pinheiro)
Telefones: (92) 9319-2715 / 98460-6899 / 98436-4761 /
98469-9366 / 98483-6488 / 98449-4422

Casa Abrigo Antônia Nascimento Priante (CAANP)
Procure uma unidade do SAPEM para maiores informações.
Telefones: (92) 98437-0260

Alerta Mulher – 24 horas
Dentro do Centro Integrado de Comando e Controle (CICCP)
Procure uma unidade do SAPEM para mais informações

Serviço de Atendimento Itinerante à Mulher – SAIM (Ônibus da Mulher)
Leva atendimento para região Metropolitana de Manaus através das Unidades Móveis, conforme demanda.

Centro de Referência dos Direitos da Mulher – CRDM
Endereço: R. Araxá, 202 – Flores, Manaus – AM, 69058-838
Telefone: (92) 3214-5080

Sistema de Segurança Pública e Justiça
Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher
Pq. 10 de Novembro – Manaus, Amazonas
Telefone: (92) 3236-7012 / 3642-7676

Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher
Cidade de Deus – Manaus, Amazonas
Telefone: (92) 3582-1610

Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher
Colônia Oliveira Machado – Manaus, Amazonas
Telefone: (92) 3214-3653

1º Juizado Especializado no Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher
Fórum Henoch Reis, Bairro São Francisco – Manaus, Amazonas
Telefone: (92) 3303-5019/98288-5444/ 98449-7084
Email: mariadapenha1@tjam.jus.br

2º Juizado Especializado no Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher
Fórum Henoch Reis, Bairro São Francisco – Manaus, Amazonas
Telefone: (92) 98438-5528/ 98498-6933
Email: mariadapenha2@tjam.jus.br

3º Juizado Especializado no Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher
Fórum Henoch Reis, Bairro São Francisco – Manaus, Amazonas
Telefone: (92) 3303-5012/ 3303-5009/ 98416-9273/ 99491-5919
Email: mariadapenha3@tjam.jus.br

Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos das Mulheres (Nudem) da Defensoria Pública
Av. Presidente Kennedy, Nº 39 – Educandos (ao lado da Escola Estadual Diana Pinheiro)
Telefone: (92) 98417-3249

Ronda Maria da Penha Polícia Militar do Amazonas
Av. Cel Sávio Belota n°145 Novo Aleixo – Cep. 69098-270
Telefone: (92) 98842-2258
Email: rondamp@pm.am.gov.br

Disk Denúncia – 181
Disk Polícia (AM) – 190
Ronda Maria da Penha (Manaus) – (92) 98842-2258

Geizyara Brandão
Geizyara Brandão
Jornalista há dez anos, passou por redações de impresso, portal, TV, além de assessoria de imprensa. Formada pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM) com pós-graduação em Assessoria e Mídias Digitais pela Faculdade Boas Novas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui