Artistas da “Escola do Rock” intensificam ensaios para a grande estreia da Broadway em Manaus

A menos de duas semanas para a grande estreia, elenco, diretores e toda a equipe do musical da Broadway “Escola do Rock” intensificam os ensaios para o espetáculo que acontecerá nos dias 25 e 26 de março, no Teatro Amazonas (Largo de São Sebastião, Centro). Os ingressos estão à venda na bilheteria do teatro e no site www.shopingressos.com.br

Os ensaios, realizados no Palácio da Justiça, em frente ao Teatro Amazonas, têm reunido todo o elenco e direção cênica e musical para deixar os atores preparados para trazer a magia do musical no palco de um dos maiores teatros do Brasil.

“Estamos ensaiando todos os dias. Um musical requer uma preparação muito intensa, e a gente divide os nossos ensaios entre aquecimento vocal, preparação corporal e depois ensaio das cenas até ficar de uma forma que o elenco se sinta em uma energia para entregar isso para o público. E a nossa expectativa é que o público receba isso da melhor forma”, informou a diretora cênica, Dávilla Holanda.

O musical envolve a participação de 76 pessoas, entre atores e equipe técnica – uma grande e ousada produção. Essa é a primeira prática de montagem licenciada pela Broadway em Manaus. Estarão no palco 26 atores, entre crianças e adultos que dançam e cantam, acompanhados de uma orquestra com maestro e 7 músicos. Quatro crianças também vão tocar instrumentos em cena.

Para a atriz Rebecca Albuquerque, o projeto tem sido uma oportunidade de partilhar experiências com jovens atores do cenário musical. “Estou muito feliz em participar, junto a muitas pessoas talentosas e incríveis. A minha personagem é a Summer, ela começa o espetáculo como representante de classe, e conforme for se desenvolvendo ela se torna a empresária da banda da Escola do Rock, ela que organiza as coisas para as crianças terem um bom desempenho na Batalha das bandas e eles conseguirem ganhar, e assim ela consegue unir todo mundo”, explicou a atriz.

“A gente está muito feliz de poder apresentar um espetáculo como esse, é uma obra muito famosa porque vem de um filme muito popular, que todo mundo tem na memória. Todo mundo que viveu nos anos 90 e no começo dos anos 2000 lembra desse filme, tem memórias guardadas e agora vai poder ver isso no palco. Então nossa expectativa é muito grande para que todo mundo, todo o público que conhece e que não conhece a história, possa curtir com a gente. E tudo embalado pelo rock, que é um ritmo que deixa tudo frenético”, declarou o diretor cênico, Matheus Sabbá.

Matheus Sabbá e Dávilla Holanda possuem vasta experiência em teatro musical.

Matheus, inclusive, tem formação no projeto Broadway Brasil e já dirigiu grandes espetáculos como A Caixa Mágica do Natal (feito pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa) e a ópera O Menino Maluquinho, apresentada no 24° Festival Amazonas de Ópera.

Dávilla é atriz de teatro musical e domina bastante essa linguagem. Ela já atuou em musicais como Os Saltimbancos e a Máquina, As aventuras de Matilda O musical, A Caixa Mágica do Natal. Além da experiência nos palcos, dirigiu, em 2021, Ópera do Malandro, de Chico Buarque de Hollanda.

A Escola do Rock é uma realização da Companhia de Artes Trilhares e conta com o patrocínio da Fábrica de Eventos, Grupo Atem, Bob´s, Tropical Multilojas, Amazonas Shopping, Grupo DB, Maricota´s Craft, Tech Sound e apoio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Baseado no filme homônimo de 2003, o musical foi composto por Andrew Lloyd Webber, compositor de musicais como “O Fantasma da Ópera”, “Cats” e “Sunset Boulevard”.

“Escola do Rock” conta a história de Dewey Finn, que, após ser demitido de sua banda de música, encontra-se perdido, com dívidas para pagar e sem ter o que fazer.  Uma vaga de professor substituto em uma escola particular parece ser a salvação, e o local onde ele vivencia a ideia de criar a Batalha das Bandas com seus alunos e se tornar o astro que sempre quis ser.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui