Artista visual amazonense, Turenko Beça participa da “Exposição Xilograffit” em São Paulo

Gravura em Linóleo será levada pelo artista amazonense para a exposição. FOTO: Michael dantas.

DA REDAÇÃO

MANAUS – | O artista visual do Amazonas, Turenko Beça, é um dos convidados do Sesc a participar da “Exposição Xilograffiti”, que será realizada no Sesc-Consolação (SP), a partir do dia 4 de maio. Com curadoria do galerista e ativista urbano Baixo Ribeiro, a mostra promove o encontro de linguagens artísticas populares e regionais, como a xilogravura e o graffiti, e apresenta obras de artistas e coletivos como o próprio Turenko, Derlon, J. Borges, Lira Nordestina, Atelier Piratininga e Lau Guimarães.

Durante a exposição, estão previstas intervenções nas laterais do prédio do Sesc Consolação – que ganhará uma pintura com dimensão monumental de Romildo Rocha – além de um espaço dedicado às obras, onde também ocorrerão oficinas e encontros, com a participação do público e dos artistas.

“Estou levando para essa exposição uma gravura de 2×2,5m, realizada em linóleo. Levarei a matriz e a gravura. Lá na exposição, faremos impressões a partir da matriz e ministrarei oficinas de carimbos, que é o mesmo processo da gravura em linóleo”, explica Turenko. “É uma alegria participar de exposições assim. As trocas são incríveis e estarei junto a artistas importantes”, comemora.

O artista, que nasceu em Manaus e pertence à chamada quarta geração de artistas plásticos do Amazonas, faz gravura desde 1994, quando participou de uma oficina com a artista mineira Terezinha Escobar. Mas seu envolvimento com as artes plásticas começou quando ele tinha apenas 12 anos. Em 1990, participou da primeira exposição coletiva e já representou o Amazonas em eventos nacionais e internacionais.

Desde 1992 ele realiza pesquisas sobre a Amazônia, relacionando aspectos naturais, antropológicos das sociedades indígenas e da biodiversidade Amazônica. “Dessas pesquisas, surgiram obras conceituais em suportes e materiais diversos, performances e arte urbana”, disse.

Em seu currículo vitorioso, o artista visual coleciona prêmios como o Salão Plástica Amazônia (1998) e mapeado no Itaú Novos Rumos (2000) e já participou de exposições como o Circuito Cultural Banco do Brasil (2005) e Salão Xumucuís de Arte Digital (2014), Amazônia Ciclos de Modernidade Manaus/Belém (2014), entre outras.

Xilograffiti –  Os trabalhos dos artistas e coletivos presentes na mostra – cujas linguagens e referências culturais podem sugerir mais diferenças do que aproximações para o imaginário coletivo – apresentam muitos pontos convergentes, em especial na forma como são construídas, em caráter inclusivo, colaborativo e participativo.

 “Mais do que linguagens artísticas, a xilo e o graffiti transformaram-se em símbolos culturais que atraem artistas e públicos engajados na sua perpetuação”, explica o curador. “Apesar de aparentemente distantes por seus contextos de origem, ambos fazem parte de culturas que se conectam”, afirma.  

O público terá a oportunidade de se deparar com uma rica produção artística e ativar, tendo acesso a obras de xilogravuras do acervo Sesc, um varal com coleção de cordéis e cartazes de lambe-lambe com suas matrizes, entre outras, em uma exposição em movimento e construção, onde diversos trabalhos serão incorporados ao espaço expositivo de maneira individual ou coletiva até o término da visitação da exposição, no final de julho. 

Na mostra, o recorte curatorial buscou contemplar uma diversidade no que diz respeito à territorialidade, técnicas, dimensões e processos. Pensando nessa diversidade, a curadoria também contemplou artistas e coletivos de mulheres em uma seara com tradição de criação predominantemente masculina.

Além da intervenção, serão oferecidos cursos, oficinas e encontros com os artistas ao longo do período em que a mostra estiver em cartaz.

A visitação ao público estará aberta de 05 de maio a 31 de julho. De terça à sábado, de 10h às 21h e aos domingos e feriados das 10h às 18h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui